Seminário Estadual do Artesanato Acreano é promovido pelo Sebrae no Acre

Evento será realizado em parceria com o Governo do Estado o Acre por meio da Secretaria Estadual de Empreendedorismo e Turismo (SEET)

O artesanato acreano possui grande notoriedade pelo Brasil e pelo mundo e parte deste feito possui contribuição do  Sebrae no Acre por meio de oficinas, workshops, apoio à ida em feiras nacionais e curadorias.

Desta forma, no dia 23 de novembro, de 8h às 13h, a instituição promove em parceria com a Secretaria Estadual de Empreendedorismo e Turismo (SEET) o Seminário Estadual do Artesanato Acreano. O objetivo do evento é divulgar as alterações na legislação para quem trabalha com artesanato e atuações para 2020.

O analista do Sebrae no Acre, Marcos Maciente, explica que a ideia é nivelar os artesãos acreanos no que se refere às mudanças que vão ocorrer por todo o país. “Nós precisamos passar para eles as maiores implicações sobre o Cadastro do Artesanato Brasileiro para 2020, para que eles possam se programar o mais breve possível”, afirma.

Antes, os profissionais poderiam se cadastrar como “artesão” ou “trabalhador anual”, sendo que a partir da nova legislação, a opção “trabalhador manual” deixará de existir e eles precisarão passar por uma curadoria para comprovar que realizam serviços de artesão. Entretanto, quase 60% deles estão cadastrados na categoria “trabalhador manual” no Acre, reforçando a necessidade do seminário.

Outra mudança que também afetará de forma positiva é em relação a participação desses profissionais em feiras nacionais.  Com a nova legislação, deverá existir um rodízio ou, pelo menos, 30% de novos participantes em cada feira.